Metodologia

Método Natural

Como uma criança aprende a sua língua materna? Naturalmente, certo ? Na English Particular, utilizamos o Método Natural em nossas aulas e expressões idiomáticas. O nosso objetivo é desenvolver competências de comunicação.

 

Para uma criança, o processo de aprendizagem é feito ao nível do subconsciente. Uma criança adquire as competências de comunicação não através da aprendizagem de regras gramaticais mas passo a passo, através da audição e compreensão.

Como isso funciona em sala de aula em nossa escola ?

Entre em contato

1. No início da aula, dá-se ênfase à audição

O professor apresenta aos alunos uma variedade de material de fácil compreensão (entrada) como vídeos, música e muita conversação. Estas informações encontram-se sempre a um nível acima da competência comunicativa dos alunos. Desta forma, os alunos desenvolvem a capacidade de falar a língua estrangeira. A competência numa língua não pode ser aprendida mas sim adquirida. Na aula o professor não deve, de forma alguma, utilizar a língua materna dos alunos.

2. A produção da fala, como resposta à audição, desenvolve-se segundo várias etapas:

  1. uma resposta não verbal
  2. uma resposta de uma palavra
  3. uma resposta de duas ou três palavras
  4. uma frase curta uma frase composta

 

No início do processo de aquisição da língua, os alunos falam sem correção gramatical. Lentamente, devido à recepção e produção adicional, a sua capacidade de comunicação verbal melhora. Na aula, os erros gramaticais que não afetam o processo comunicativo não são corrigidos. Somente mais tarde quando a surdez e a fala estiverem em um nível considerável.

3. As atividades que realçam o processo de aquisição da linguagem são o objetivo principal da aula.

Os exercícios gramaticais não são a prioridade. Os exercícios dependem quer da idade quer da receptividade dos alunos. Para os adultos, a proporção de exercícios gramaticais é de 20 para 80 por cento. Esta parte da aprendizagem consciente serve como orientação, ajudando os alunos a verificar os erros gramaticais naquilo que dizem e naquilo que escrevem. Nas aulas, não se espera que os alunos utilizem essa função consciente.

4. A noção de filtro afetivo é particularmente útil.

A intenção é manter este filtro o mais pequeno possível, para obter melhores resultados. Por outras palavras, quanto menor a pressão a que um estudante estiver sujeito, mais pequeno será o filtro afetivo. Isto consegue-se cativando a atenção dos estudantes nos assuntos que lhes interessam, os assuntos com os quais se identificam e acerca dos quais sejam capazes de partilhar opiniões. Isto cria na sala de aula um ambiente propício à aprendizagem de uma língua estrangeira. Aqui os alunos expressam a sua opinião sobre uma determinada situação partilhando as suas ideias. Para nossos alunos, a língua estrangeira é uma ferramenta para a comunicação.

Quer saber mais sobre os nossos Cursos de Inglês?